scottcalhoun.info
Hospedagem de arquivos em portugues do futuro
 

BAIXAR LIVRO TEOLOGIA SISTEMATICA PENTECOSTAL

scottcalhoun.info  /   BAIXAR LIVRO TEOLOGIA SISTEMATICA PENTECOSTAL
postado por Daniele

LIVRO TEOLOGIA SISTEMATICA PENTECOSTAL

| Escritório

    Contents
  1. Teologia Sistemática Pentecostal
  2. Download - EETAD - Teologia
  3. Livro teologia sistematica
  4. teologia sistematica pentecostal pdf

Ver o livro por dentro. Teologia Sistemática Pentecostal por [Gilberto, Antônio] . Ou seja, como um texto diz a mesma coisa em livros diferentes da Bíblia. LIVRO - TEOLOGIA SISTEMÁTICA PENTECOSTAL. p. 1 / Embed or link this publication. Description. LIVRO - TEOLOGIA SISTEMÁTICA PENTECOSTAL. E a Teologia sistemática pentecostal cpad - antonio gilberto Download .. Para maiores informações sobre livros, revistas, periódicos e os.

Nome: livro teologia sistematica pentecostal
Formato:ZIP-Arquivar (Livro)
Sistemas operacionais: Android. iOS. MacOS. Windows XP/7/10.
Licença:Grátis (* Para uso pessoal)
Tamanho do arquivo:68.78 Megabytes


A humanidade, a imagem de Deus. Agostinho e o filho viviam aristocraticamente com os rendimentos da família. Ele valorizava a paz. Clique AQUI para saber como adquirir esta obra com desconto. No fundo, sabia que estava errado. O pastor Silas Malafaia foi ainda mais longe comigo: desafiou-me a dobrar o tamanho da obra. Mas é muito mais. Seus teólogos preferidos foram Cirilo e Severo de Antioquia; 3 os neocalcedônios, que tinham como seu teólogo preferido Leôncio de Bizâncio, justamente porque foi ele o grande vitorioso no concílio. Fides Reformata. Alexandre batizou aquela cidade com o seu próprio nome: Alexandria. Ouvia as suas prédicas, aprendia com ele. Dedico esta obra a todo o povo evangélico e, em especial, ao povo pentecostal.

LIVRO - TEOLOGIA SISTEMÁTICA PENTECOSTAL. p. 1 / Embed or link this publication. Description. LIVRO - TEOLOGIA SISTEMÁTICA PENTECOSTAL. E a Teologia sistemática pentecostal cpad - antonio gilberto Download .. Para maiores informações sobre livros, revistas, periódicos e os. Para maiores informações sobre livros, revistas, periódicos e os últimos A obra foi intitulada Teologia Sistemática Pentecostal Pela Casa. PDF - Teologia Sistemática Pentecostal. Depois de lançar no Brasil a Bíblia de Estudo Pentecostal () e o Comentário Bíblico Pentecostal do Novo. Para maiores informações sobre livros, revistas, periódicos e os últimos . esta oportunidade de, nesta obra Teologia Sistemática Pentecostal servir como seu.

Atualizou os conceitos teológicos na língua nativa para dar-lhes clareza. Apesar de ser considerado o pai da Igreja latina, nunca foi ordenado sacerdote nem chegou a ser canonizado pelas igrejas Católica e Ortodoxa.

SISTEMATICA PENTECOSTAL LIVRO TEOLOGIA BAIXAR

Descontente com o declínio moral e teológico da Igreja, abandonou-a em d. Montanismo Montano d. Declarou-se um agente do Espírito Santo; ele tinha vindo para finalizar o ministério do Espírito. Sua heresia perdurou até o terceiro século no Ocidente e até o sexto século no Oriente. Damos uma nota sobre o sabelianismo nesse capítulo e, também, no capítulo em que tratamos sobre Deus. O ponto de vista unicista persiste na história até hoje. O dinâmico teve início com Teodoro. Ele se opunha à cristologia do Logos, negando a divindade de Jesus.

Outro defensor dessa corrente foi Paulo de Samósata, bispo de Antioquia por volta de d. Ambos foram declarados hereges. Mas o grande representante do monarquianismo modalista foi Sabélio d. Ensinava que a crença na Trindade era triteísta, ou seja, uma crença em três deuses.

Seguia a crença modalista em que Deus se apresentava em três modos diferentes: ora como Deus Pai, ora como Deus Filho e ora como Deus Espírito Santo, atuando respectivamente dentro do papel de cada uma dessas figuras.

Os Pais da Igreja haviam debatido contra as heresias gnósticas gue se estendiam desde os meados do primeiro século. Foi excluído em d. Apesar de ser filho de pais abastados, ele se dizia pobre. Esmerado na língua grega, dedicou-se a escrever obras teológicas a partir dos 20 anos de idade. Nesse concílio, os arianos foram definitivamente derrotados com sua tese antitrinitariana.

Com a morte do bispo Alexandre em d. Durante seu bispado, teve de se ausentar muitas vezes do seu posto. A soma dos tempos em que passou em fuga chegou a 20 anos. Os arianos tiveram ainda mais uma derrota - e essa foi final - no Concílio de Constantinopla em d. Essa relevância ao culto restaurado era mais um ataque às ideias arianas.

Foram três os Pais capadócios: Basílio, o Grande d. Desse modo, aceitaram a teologia de Orígenes, que concebia as três pessoas em níveis distintos.

Agostinho reage ao argumento dos Pais capadócios, apresentando o ponto de vista ocidental. O imperador escolheu Niceia por ser uma cidade próxima de Constantinopla, onde ele mantinha também uma das suas residências.

No concílio, estavam presentes líderes sobreviventes de perseguições por causa da sua fé. A era dos gigantes. Ninguém tinha escolha. No concílio, estavam presentes tanto bispos do Oriente como do Ocidente. Seu relator foi o bispo Eusébio de Nicomédia. Estavam presentes bispos, dos quais apenas 28 eram arianos. Os demais bispos contentavam-se com a palavra final de Tertuliano sobre a Trindade, considerando-a satisfatória. A quem interessava discutir novamente o mesmo assunto? Eusébio e os seus colegas foram humilhados.

Eno Espírito Santo. As igrejas pentecostais, muitas igrejas batistas, a Igreja de Cristo, igrejas Holiness, anabatistas e muitas outras, as quais Olson denomina igrejas livres55, rejeitam a autoridade dos concílios. Continuaram sua luta para desfazer as decisões do concílio. Eusébio de Nicomédia aproximou-se do imperador, de quem era parente distante.

Teologia Sistemática Pentecostal

Grifos do autor. Este salientava a ideia de uma substância para defender a Trindade; os capadócios partiram da ideia de três pessoas distintas e desenvolveram uma terminologia que descreve tanto a unidade como a Trindade. Constantino II e Constante entraram em guerra. Com a morte de Constantino II, Constante conseguiu unificar todo o Oriente, mas Constâncio favoreceu a causa ariana e os líderes nicenos tiveram de abandonar suas dioceses.

Com a morte de Constâncio, seu primo Juliano assumiu o trono. Quando esse morreu, seus filhos mandaram matar todos os parentes para que ninguém reclamasse o poder. Juliano fora mandado a Atenas para estudar Filosofia. As tensões entre eles cresceram a tal ponto de entrarem em guerra. Constâncio morreu e Juliano assumiu o império em Constantinopla em d. Chamava-os de galileus porque os habitantes da Galileia nos dias de Jesus eram pobres, incultos e desprezados pelos moradores da Judeia, que estava localizada ao sul do país.

Em uma batalha contra os persas, Juliano foi atingido por uma lança e morreu. As duas formavam grandes escolas; mas chegou o momento em que ambas disputavam pelo mesmo objetivo: alcançar o poder religioso de Constantinopla.

As duas escolas diferiam em alguns pontos teológicos. Alexandria era mais capital da filosofia do que era da teologia. Aquela que melhor interpretasse as Escrituras Sagradas com certeza seria julgada pela História como digna de maior respeito e acatamento. Eram homens que, no intuito de defender a Igreja das heresias gnós- ticas do primeiro e do segundo séculos, enxergavam o cristianismo como mais uma corrente filosófica.

O espírito de Cristo manipulava o corpo humano. Negava a autêntica humanidade de Jesus. A disputa por Constantinopla parecia ter dado vitória aos antioquenos. Os antioquenos venceram. Acusava os seus líderes de apolinarianistas oportunistas, os quais aguardavam uma oportunidade para se revelar. Em um dos seus sermões na grande catedral de Santa Sophia, em Constantinopla, no Natal de d. Apesar das divergências ente eles, Cirilo começou a se corresponder com Nestório.

Seus escritos provam isso. No fundo, eles pareciam pensar a mesma coisa. Percebendo que Nestório caía na sua armadilha, Cirilo provocava-o com perguntas para que ele se embaraçasse. Monofisismo - surgiu entre o quinto e o sétimo séculos, afirmando que Cristo tinha apenas uma natureza: a divina, podendo ser composta. No caso de Jesus Cristo, o adocionismo dizia que o homem Jesus era um objeto de aproveitamento divino ou um corpo que fora usado para um fim sagrado. Essa doutrina surgiu com um teólogo antioqueno, Paulo de Samósata, cerca de anos antes de Nestório, e foi condenada.

Cirilo esperava que Nestório se revelasse adocionista. Ambos trocavam acusações. Cirilo acusava a cristologia de Nestório de adocionismo revestido e disfarçado. Nestório acusava a cristologia de Cirilo de apolinarianismo revestido e disfarçado. Cirilo tentou convencer Nestório a mudar a sua cristologia, mas, depois de muita insistência, escreveu para o bispo de Roma, acusando Nestório e pedindo, ao mesmo tempo, por um concílio.

Esse era o terceiro concílio ecumênico. Depois de muito esperar pela chegada dos outros bispos, ele deu início ao sínodo. Depois de grande atraso, Nestório chegou a Éfeso com seus bispos.

Ele instalou outro concílio no qual condenava Cirilo e reafirmava suas declarações. Cirilo, contrariado, acabou concordando. Os alexandrinos, no entanto, acharam que Cirilo os traiu com essa fórmula. Nestório foi condenado no Concílio de Éfeso em d. A heresia de Nestório consistia em dizer que a divindade de Cristo morava em Jesus do mesmo modo como o Espírito Santo habita no crente.

No final de sua vida, Cirilo, bispo de Alexandria, estava em paz com os bispos de Roma, de Constantinopla e de Antioquia, mesmo que diferenças teológicas ainda borbulhassem entre eles. Ele valorizava a paz. Com sua morte em d. A controvérsia eutiquiana Êutiques nasceu em Constantinopla no ano de d. Ele vivia como monge em um monastério, mas teve grande influência apesar de parecer limitado em alguns aspectos.

Assim como outros teólogos hereges que vieram antes dele, tornou-se famoso por sua heresia também. Aproximava-se da heresia apolinariana, a qual afirma que a natureza humana era absorvida pelo Logos. Seria esse o quarto concílio ecumênico da Igreja, e o segundo em Éfeso.

Dióscoro, um ano antes do concílio, manipulou os bispos de Constantinopla para condenar Êutiques. Isso interessava a eles, é claro, mas Dióscoro fazia apenas um jogo. Ele, como os demais alexandrinos, eram aliados de Êutiques, concordando todos em que Jesus tinha uma só natureza.

Apanhou tanto que, dias depois, faleceu. No quarto concílio, Alexandria havia sido vitoriosa em todos os sentidos,.

O segundo Concílio de Éfeso, por causa desses absurdos, ficou conhecido como o Concílio dos Ladrões. No dia 28 de julho de d. Teodoreto assentou-se em um lugar de honra. Quando as atas do Concílio dos Ladrões foram lidas, os seguidores de Dióscoro foram tomados de remorso pelo que haviam Todos deixaram Dióscoro, bandeando-se para o outro lado.

Dióscoro permaneceu sozinho, mantendo firmes as decisões que tomara no concílio anterior. No final da noite daquele mesmo dia, Dióscoro foi deposto do bispado de Alexandria e mandado para o exílio juntamente com aqueles que ele havia condenado no Concílio de Éfeso. No dia 10 de outubro de d.

Para facilitar o acordo, havia uma base estabelecida em torno da qual cada um poderia expor livremente seu ponto de vista. Ele distinguia o filho de Davi do Filho de Deus, como se fossem dois filhos.

O Concílio de Calcedônia, que se encerrou no dia 7 de fevereiro de d. Elas se isolaram, formando igrejas monofisistas conforme veremos a seguir.

Essa é a igreja copta conhecida por todos nós nos dias de hoje. Ibidem, p. Teria Ele duas vontades ou apenas uma vontade? Parece que os pensadores do passado nunca estavam satisfeitos.

Muitos bispos que haviam assinado os documentos arrependeram-se depois. Calcedônia havia sido um fracasso! Enfim, os antioquenos achavam que tinha ficado bom para os alexandrinos.

Seus teólogos preferidos foram Cirilo e Severo de Antioquia; 3 os neocalcedônios, que tinham como seu teólogo preferido Leôncio de Bizâncio, justamente porque foi ele o grande vitorioso no concílio. Monofisistas moderados - acreditavam em uma só natureza composta, rejeitando a mistura entre a humanidade e a divindade. Aos 17 anos, mudou-se para Cartago para estudar Retórica. No fundo, sabia que estava errado.

Envolveu- -se em um concubinato por 13 anos com uma jovem cartaginense com quem teve um filho muito inteligente, chamado Adeodato. Aos 30 anos de idade, Agostinho era uma figura bastante respeitada pela sua capacidade retórica. Ainda em Roma, afastou-se do Maniqueísmo, passando a envolver-se com o ceticismo. Era uma espécie de retorno ao gnosticismo. Mais adiante, trataremos do Maniqueísmo.

O Ceticismo gr. Seu filho Adeodato foi batizado por Ambrósio em Mediolano em d. Agostinho e o filho viviam aristocraticamente com os rendimentos da família. Seu filho também faleceu e isso o deixou muito entristecido. Guardou para si apenas a casa da família e transformou-a em um monastério onde vivia com alguns de seus amigos. Com a morte do bispo de Hipona em d. Perdeu em quantidade de obras apenas para Orígenes. Homem de elevada capacidade, escreveu sobre tudo o que se possa imaginar.

Foram três os seus principais embates teológicos: contra o maniqueísmo, contra o adicionismo e contra o pelagianismo. Maniqueu nasceu em 14 de abril de d. Teve os seus ensinos reconhecidos por Ardashir, rei da Índia em d. Aceitava precursores de religiões como Buda, Zoroastro e Jesus na mesma categoria, como enviados de Deus. Seus discípulos deveriam praticar vida ascética, evitando o casamento e aderindo ao celibato.

Os eleitos deveriam afastar- -se de tirar a vida, ainda que fosse de uma planta. Além disso, jamais poderiam comer carne de animais.

Os ouvintes deveriam servi-los. Os ímpios reencarnariam na terra sucessivas vezes. Ele próprio, na sua juventude, havia sido atraído pelo maniqueísmo até o dia em que, decepcionado com isso, conversou com o seu maior expoente, o filósofo Fausto. No seu livro Da natureza do Bem, Agostinho expressa seu pensamento contra a doutrina ma- niqueísta. A alma humana era uma fagulha do poder benigno que havia sido aprisionada pela matéria em uma vitória do mal contra o bem.

Agostinho via uma incoerência nisso, visto que o próprio maniqueísmo admitia haver um Deus que é totalmente bom. Satisfez-se, no entanto, com as respostas às suas indagações nos livros do neoplatonismo e, posteriormente, do cristianismo. O mal, por sua vez, consiste na falta de alguma coisa. Portanto, os bispos católicos eram homens imorais, corruptos e sem autoridade.

Os donatistas rejeitavam o batismo celebrado pelos ministros, ou até mesmo pelos bispos, exigindo o rebatismo aos que se juntavam a eles. O sacramento transmite a graça de Cristo e o ministrante é mero instrumento da graça de Cristo. Negava o pecado original. Mistério da iniquidade 2 Ts 2. Donatistas - de Donato, bispo de Cartago em d. Por volta de d. Para o teólogo britânico, a ordem de obedecer implicava habilidade para obedecer.

Se Deus ordena às pessoas que creiam em Cristo é porque Ele parte do pressuposto de que elas podem crer nele sem a ajuda divina. O livre-arbítrio é capaz de produzir virtude. Assim, por meio do próprio esforço, o homem pode alcançar tudo o que se espera dele.

A tendência para o pecado decorre dos maus exemplos dos pais e amigos. Quando o homem a observa, alcança a graça. A graça da lei ilumina e instrui.

A graça é dada de acordo com a justiça e o mérito do indivíduo; logo, a graça é merecida.

TEOLOGIA BAIXAR SISTEMATICA PENTECOSTAL LIVRO

Batismo - diferentemente do conceito da igreja, o batismo serve para estabelecer o contato correto com Deus. A ideia é tirar de Deus a responsabilidade por condenar pessoas só porque Ele quis. Agostinho nega o livre-arbítrio, exceto quanto à liberdade de pecar.

Assim também se deu a controvérsia pelagiana. Mesmo vivendo fora da Igreja, os predestinados seriam salvos.

Download - EETAD - Teologia

Surge, em Agostinho, a teoria da graça irresistível. A leitura de O Pastor de Hermas, escrito no ano d. O monge egípcio, Antônio, quando estava com 20 anos de idade, por volta do ano d.

Antônio faleceu com anos. Tais ordens seguem as regras do seu santo idealizador. História do Cristianismo ao alcance de todos. A regra era que todos deviam trabalhar, comer e adorar. Nos quinto e sexto séculos, os grandes líderes da Igreja eram, na sua maioria, monges. Jerônimo O monasticismo ganhou espaço na Igreja a partir de Jerônimo. Criticou os opositores à vida bério. Mas, depois de presenciar a hostilidade com que eram tratados os monges de Roma, enclausurou-se em um monastério em Belém.

No fim desse período, estudou com Gregório de Nazianzeno em Constantinopla. Jerônimo fazia grande apologia do monaquismo. Jerônimo, no entanto, era firme nas suas opiniões. De gênio difícil, grangeava mais inimigos do que amigos. Gostava de discussões. Apesar desse seu modo de ser, tornou-se amigo do papa Dâmaso, que o recebera muito bem em Roma no ano d. Com esse grupo, viajou para a Palestina, onde se estabeleceu na cidade de Belém.

Nessa cidade, Paula construiu conventos para mulheres e um monastério para homens. Faleceu em d. O semipelagianismo foi uma corrente moderada do pelagianismo que surgiu O termo vem do grego Moncos, que significa aquele que vive só. Os papas de Roma ainda pendiam para a teologia de Agostinho, por temor ao pelagianismo com certeza.

Mas o Sínodo de Orange deu ganho de causa ao agostinianismo. Foram 25 cânones defendendo ideias de Agostinho e seu principal redator foi Próspero, amigo pessoal do bispo de Hipona. Assim, o Sínodo de Orange pôs fim à controvérsia, pelo menos naqueles dias, pois, como dissemos, ela se estendeu e ainda se estende até os dias de hoje.

A Igreja divide-se Os desentendimentos entre a Igreja do Oriente e a Igreja do Ocidente vinham agravando-se até que, nos dias de Gregório, eles se tornaram impossíveis. Cada lado da Igreja reivindicava para si o título de verdadeira Igreja, cobrando da outra parte o dever de submeter-se ao seu governo. Os conflitos tinham duas vertentes: teológica e política. A política do papa Gregório, o Grande, foi fundamental nas decisões que deram rumo ao cisma que ocorreu no ano de Orbitava entre a teologia de Agostinho e a dos semipelagianos, sendo visto pelos católicos como semiagostiniano e pelos protestantes como semipelagiano.

A vontade e o esforço cooperam com a graça se a pessoa perseverar até o fim. Isso deixou Lutero perturbado quando ainda era um jovem seminarista. Tomou as terras dos saxões e doou parte delas aos comandantes militares que o haviam ajudado. Os debates teológicos eram recorrentes.

Essa obra foi lida e aceita por muitos como se sua história fosse verídica. No período carolíngio, ocorreram algumas controvérsias teológicas como a que se referia ao Filioque, que quer dizer e do Filho. Algumas igrejas ocidentais a enfiaram no Credo Niceno, que era repetido por todos. Isso se constituía em mais uma controvérsia trinitariana, porém, desta vez, voltada para a terceira pessoa da Trindade: o Espírito Santo.

Novamente, discutiam sobre a pessoa de Cristo. Os lombardos eram germânicos do Norte. A era das trevas. Por causa disso, foi chamado de adocionista.

Deixavam de ser os alimentos materiais para se tornarem literalmente o corpo e o sangue do Filho de Maria, havendo casos em que algum crente poderia ver o corpo e o sangue do Senhor no ato da Ceia. Embora o conceito histórico do adocionismo seja o inverso. O adocionismo ensinava que Jesus era um homem comum, adotado por Deus para ser Seu Filho.

Sacerdote - a quem é atribuído o poder de ligar e desligar no céu. Surgiu da necessidade de se compreender a fé. Deve haver somente uma verdade. Estavam tentando entender a fé. Seu ponto de partida para o pensamento teológico era uma fé viva. A fé é, em si mesma, uma forma de conhecimento. A filosofia preponderante era a aristotélica. Mesmo usando a filosofia a serviço da teologia, Scotus voltou-se contra o intelectualismo tomista, minando a harmonia entre teologia e ciência expressada por ele.

Veja "Dialética". O principal representante do nominalismo foi Guilherme de Occam. Ele nega o todo universal e defende a tese de que só existe o indivíduo.

Com 14 anos de idade, ingressou na escola franciscana em Magdeburgo, onde diz ter sofrido muito com a fome. Às vezes, tinha de cantar na rua para angariar algum dinheiro para comer. Na escola, conheceu Aleixo, um condiscípulo seu com quem travou grande amizade. Um dia, vítima de um raio, seu amigo faleceu. Convidado para lecionar teologia e filosofia em Wittenberg, Lutero sentia-se, até certo ponto, mais livre para dedicar-se ao estudo da Bíblia.

Quanto mais lia o Livro Sagrado, mais se aplicava às orações e às penitências a fim de mudar seu modo de vida. Mesmo assim, sentia muita dificuldade para superar a força do pecado. Staupitz lhe falou de Cristo como Salvador dos nossos pecados. Quanto mais lia o Livro Sagrado, mais se aplicava às orações. A era dos reformadores. Horrorizou-se com as blasfêmias proferidas por padres nas ruas da cidade. Nesse tempo, o jovem Lutero ainda era um estudante de teologia.

Lutero tomou o conselho do Eleitor da Saxônia, um verdadeiro amigo seu, que lhe O audacioso Lutero resolveu ir a Worms, na plena confiança de que Deus estaria com ele independente dos perigos que viesse a encontrar. No dia 16 de abril de , foi ovacionado publicamente às portas da cidade. Sobre uma mesa em que se encontravam as obras de Lutero, perguntaram-lhe se eram suas. Sobre isso, Lutero pediu um tempo para considerar. Nesse tempo,. Todos queriam mandar. O dinheiro tornou-se o seu primeiro e grande objetivo.

Os padres, em sua maioria, eram pluralistas, isto é, acumulavam duas ou mais funções para aumentarem suas rendas. Praticavam orações aos espíritos bondosos, tanto da Virgem como dos santos; apregoavam o medo aos maus espíritos, maldições e absolvições pelos sacerdotes, que usavam vestimentas clericais de alto requinte.

Enquanto isso, o povo vivia em inteira miséria, completamente esquecido e sem assistência para alma nem para o corpo. O mais importante desses movimentos nessa época foi o liderado por Pedro Bruys e Henrique de Lausane. Esse grupo pecava pela mistura de certas crenças orientalistas e outras próximas às crenças do movimento gnóstico que assolou a Igreja do primeiro século.

Inspirado no capítulo dez do Evangelho de Mateus, este comerciante começou a distribuir seu dinheiro aos pobres e tornou-se um pregador ambulante do Evangelho. Esses realizavam o seu culto na língua comum do povo e eram conhecidos por sua bondade. Apreciavam a leitura da Bíblia.

Eram numerosos entre os camponeses, mas, por causa das perseguições, mantinham- -se em segredo. Foram duramente perseguidos, mas conseguiram chegar ao tempo da Reforma. Os ensinos de Wycliffe influenciaram John Huss Respeitado pela elevada cultura, Huss era um sacerdote honrado.

Foi um poderoso líder nacional na Boêmia. Insistia em dizer que o Novo Testamento fora escrito para a Igreja.

PENTECOSTAL BAIXAR LIVRO TEOLOGIA SISTEMATICA

John Huss foi julgado pela igreja romana no Concílio de Constança. Foi-lhe oferecido o direito de liberdade caso abandonasse suas ideias, porém ele permaneceu determinado, preferindo sofrer seu martírio em uma fogueira.

Ninguém suportava mais suas imposições impiedosas. Da cabeça aos pés Diante de tantas pressões, a Igreja era obrigada a tomar alguma providência. Até o imperador Sigismundo estava presente, um ardoroso defensor da necessidade da Reforma.

Livro teologia sistematica

Este concílio arrastou-se de a Nada houve de substancial nele. Os reformadores estavam convencidos de que nenhuma reforma aconteceria dentro da igreja, por mera consciência dos seus erros. Em todos os segmentos da sociedade havia um clamor por novidades. Todos queriam, todos desejavam, todos precisavam dessa mudança. A Igreja de poderes universais deveria ceder lugar às igrejas nacionais. Nossa Crença e a de Nossos Pais. O renascentista dava elevada importância ao homem. Contudo, exceto o interesse dos que se mostravam mais afeitos ao espírito religioso, a sociedade estava muito mais inclinada para a vida secular do que para a vida religiosa, por isso surgiram escritores e artistas famosos que manifestaram seus protestos contra o poderio da Igreja através de suas obras de cunho religioso e profano.

Antes mesmo da Reforma, mudanças econômicas aconteceram. A classe média mercantil tomou a frente da nobreza feudal na liderança da sociedade. Todos queriam ganhar. Ninguém mais estava interessado em mandar seu dinheiro para a sede da Igreja, até por que ninguém se conformava com o fato de o clero estar absolutamente isento de qualquer imposto dos Estados nacionais. Antes aconteceram. Havia um conflito que se arrastava desde o século era o conflito entre a autoridade do papa e a autoridade das Escrituras.

À igreja cabia o direito de fazer justiça aos clérigos. Estes jamais eram julgados pela justiça comum quando erravam; e eles só erravam. Nada era proibido quando havia a quantia certa de dinheiro, mesmo diante do cânone.

O simples olhar às relíquias de Frederico da Saxônia reduzia o tempo de uma pessoa no purgatório por dois milhões de anos.

Henri Hauser enxergou duas causas: uma material e outra espiritual. A suprema autoridade das Escrituras. O catolicismo atribui esta autoridade ao papa. O princípio do livre exame. Enquanto a Igreja persiste em manter o padre como um sacerdote para o povo, o protestantismo evoca o direito do exercício do sacerdócio individual. O Testemunho do Espírito Santo. Todos nós, evangélicos, direta ou indiretamente descendemos da Reforma.

A Reforma foi a possibilidade de retorno do cristianismo às suas origens. Eles iniciaram importantes movimentos de reforma na Holanda, Escócia, Inglaterra e por toda a Europa. Sua teologia é a que mais influencia o mundo de hoje.

Com o passar do tempo, a teologia da reforma estava bem diferente da teologia luterana. Segundo o occamismo, a graça era obtida depois que a pessoa fizesse tudo quanto pudesse para ser digna dela.

Influenciado por Staupitz, Lutero aprendeu a pôr os olhos no Cristo crucificado e deixar de se preocupar com essas questões. Ele se deteve a pensar na cruz e em seus efeitos. Outro preconceito demonstrado foi com o Apocalipse, que, para ele, era um livro obscuro.

É como se Ele tivesse duas faces.

teologia sistematica pentecostal pdf

Lutero inclusive havia Esse processo ultrapassava a própria morte, seguindo para o purgatório a fim de enriquecer-se de justiça. A justiça de Cristo substitui a nossa justiça e, assim, tudo o que é dele passa a ser nosso. Lutero também reduziu os sete sacramentos da Igreja a apenas dois: o batismo e a Ceia do Senhor.

Anabatistas, os rebatizadores. Com o passar do tempo, mudou sua maneira de pensar acerca de alguns pontos em que havia estado com Lutero anteriormente. Foi impedido de cursar o mestrado por ser novo demais, mas aos 17 anos, em , ingressou na Universidade de Tü- bingen para cursar Filosofia.

TEOLOGIA BAIXAR PENTECOSTAL LIVRO SISTEMATICA

Foi aluno de Lutero em , estudando teologia e grego. Seus manuais acadêmicos e escolares foram usados até o século Zwinglio Ulrich Zwinglio nasceu em Glarus, na Suíça, em 1 de janeiro de Notabilizou-se como pregador, escritor e patriota. Sua influência na cidade, inclusive sobre líderes religiosos e a prefeitura, foi surpreendente. Em uma batalha contra cinco cantões católicos, ao sul da Suíça, ele e mais de 20 pregadores, além de centenas de soldados, foram mortos em 11 de outubro de A teologia de Zwinglio saiu na frente da teologia de Lutero e de Calvino, o qual bebeu da fonte de Zwinglio para elaborar a sua própria.

Como tal, era monergista. Concernente a outros temas como sacramento, Zwinglio também difere de Lutero. Acusava Lutero da heresia do eutiquianismo, enquanto Lutero o acusava da heresia do nestorianismo. Por volta de , converteu-se ao protestantismo.

Considerava-se um fiel seguidor de Lutero.

TEOLOGIA BAIXAR PENTECOSTAL LIVRO SISTEMATICA

O avivamento é uma onda que varre a Igreja de tempos em tempos, despertando- -a e tirando-a do marasmo. É a passagem da fé menor para a fé maior, da posse do Espírito para a plenitude do Espírito. A reforma é um banho muito mais amplo e completo do que aquilo que acontece em tempo de avivamento. Nada acontece por acaso: Deus é a causa suprema de tudo o que acontece.

Por meio dos Seus decretos, Deus determina tudo o que vai acontecer no futuro. Portanto, como cada um foi criado para um ou outro desses dois destinos, assim dizemos que um foi predestinado ou para a vida, ou para a morte. Em mais essa necessidade de engrandecer a soberania de Deus, Calvino sacrifica a Sua onisciência. Deus somente conhece o futuro Contudo, era impossível que fossem quebrados. Calvino diverge de Zwinglio e de Lutero quanto à Ceia do Senhor. As denominações reformadas, dentre as quais encontra-se o pres- biterianismo, seguem a teologia de Calvino.

Depois de concluir seus estudos na Universidade de Leiden, em Genebra e em outros lugares, foi ordenado em Armínio é um teólogo pouco conhecido no Brasil. Armínio escreveu em latim e holandês. Felizmente, agora começaram a ser publicadas em português suas obras, bem como outras que falam dele. Armínio perdeu o pai, Harmen Jacobsz, um fabricante de armas, quando ainda era bebê.

Naquele tempo, Armínio foi aceito na Universidade. Em , ele foi chamado de volta à Universidade de Leiden para ensinar teologia. Com sua chegada a Leiden, iniciou-se um período de debate com o também professor daquela Universidade, Franciscus Gomarus, que o acusava de heterodoxia.

O próprio governo da Holanda envolveu-se na controvérsia, pendendo para o lado calvinista e condenando os remonstrantes ao exílio no Sínodo de Dort, realizado entre e Depois do Sínodo de Dort , quando os Remonstrantes compareceram e foram julgados, a doutrina de Armínio se tornou conhecida. Os remonstrantes foram perseguidos na Holanda. Fundaram sua igreja em 21 de janeiro de em uma cidade próxima a Zurique, na Suíça.

Os anabatistas ansiavam por uma reforma mais radical e completa para a Igreja. O apelido lhes fora dado em d. O pioneiro desse movimento foi Philip Jacob Spener Montanismo - movimento místico que foi dado principalmente às profecias, foi fundado por volta de d. Novaciano era um padre romano que, em d.

Donatistas - movimento de Donato de Casa Nigra, bispo da Numídia considerado herético; posteriormente, tornou-se bispo de Cartago. Teve início no quarto século e foi extinto no final do sétimo século. Foi influenciado pelas teologias de Cipriano, Montano e Tertuliano.

Refletiu-se também, por outro lado, na teologia liberal de Friedrich Sche- lirmacher e na filosofia de Immanuel Kant. O livro trouxe grande incômodo aos pastores e teólogos luteranos; mesmo assim, suas reivindicações foram aceitas e muito bem justificadas.

Mas, uma linha mais radical do pietismo, influenciada por Jacob Boehme, tornou-se independente, formando suas próprias congregações.

Sua proposta era: 1. Entre os anos e os puritanos enfraqueceram-se nos Estados Unidos. Escreveu mais de sermões, dos quais um tornou-se provavelmente o mais famoso da história do cristianismo. Edwards destacava-se também por sua intelectualidade. Estes podiam ter licença para frequentar a igreja, sem, no entanto, serem admitidos plenamente. Bastava ser batizado na infância e ser correto para ser membro pleno.

Os principais pontos da ética puritana eram: 1. Os puritanos separatistas que adotaram o batismo dos crentes ficaram conhecidos como Batistas e cresceram muito na América do Norte. O descanso dominical e a família.

A Bíblia. Vida comunal e o senso de responsabilidade. Ninguém podia viver só para si mesmo. O legalismo era a grande marca na ética puritana.

John Wesley nasceu em Epworth, na Inglaterra, em Amós 4. John Wesley era arminiano, justamente em uma época em que o calvinismo era aceito e disseminado por toda parte pelos teólogos e pregadores. Whitefield considerava o ar- minianismo uma heresia.

Nesse sentido, o calvinista Jonathan Edwards e John Wesley concordavam. A proposta do lluminismo era promover mudança racional a fim de reformar a sociedade das tradições herdadas do período medieval. Alguns dizem que foi em ; outros dizem que foi em O Iluminismo estendeu-se até o final dos anos A teologia tornou-se, de certa forma, dependente da filosofia e do pensamento racionalista. Humanismo renascentista - foi um movimento intelectual desenvolvido na Europa durante o Renascentismo, entre os séculos 14 e Socianismo - movimento fundado por Fausto Socino.

Deísmo - movimento filosófico que tem suas raízes em Aristóteles e floresceu no Iluminismo. Acredita que Deus criou o mundo, estabeleceu leis e afastou-se dele. Método empírico - relacionado àquilo que é experimental. Kant Immanuel Kant foi o filósofo de grande destaque no Iluminismo, talvez o mais destacado deles. Defendia a ética sem dogma. Para Hegel, Deus evoluiu com a História. Era o liberalismo teológico, também conhecido como teologia moderna.

Uniu-se ao círculo dos românticos, colaborando com o Athenaeum. Foi nomeado pregador da corte, depois, foi professor de Teologia e Filosofia. O liberalismo tinha uma perspectiva elevada do homem e acalentava a esperança de que o Reino de Deus poderia ser implantado nesse mundo mediante os novos conhecimentos científicos e tecnológicos trazidos pelo Iluminismo. Com o advento da Primeira Guerra Mundial, os sonhos do liberalismo caíram por terra.

Os fundamentalistas trabalharam arduamente para banir as influências do liberalismo e do modernismo das igrejas, voltando à ortodoxia protestante. Outra forte resposta ao liberalismo foi dada pela neo-ortodoxia. Os teólogos neo- -ortodoxos buscavam suas raízes em Lutero. Os que mais se destacaram foram o norte americano H. Falaremos deste mais adiante. Era o liberalismo teológico.

O casal teve sete filhos, mas cinco morreram precocemente. Kierkegaard faleceu em 11 de novembro de na mesma cidade em que nasceu. Interessou-se pelo cristianismo verdadeiro. Quem existe é o homem; Deus é.

Da essência, resulta a existência. Sinodal, A proposta de Harnack era que o evangelho abandonasse os dogmas e voltasse para o simples evangelho de Jesus. Uma das características claras do liberalismo apresentado por Harnack é o redu- cionismo teológico.

A essência do cristianismo constitui-se na justiça superior e no amor. A neo-ortodoxia de Karl Barth Karl Barth foi uns dos mais destacados teólogos protestantes. Foi influenciado pelo neokantianismo de Kierkegaard e pelo socialismo religioso de Kutter. Ele foi publicado também na língua portuguesa. Demonstrou como as promessas otimistas do liberalismo falharam depois que o mundo sofreu duas guerras. Aceitava também a autoridade da experiência religiosa.

Contra o liberalismo teológico, Karl Barth também frisava a diferença entre o Jesus histórico e o Jesus teológico. É uma nova ortodoxia em contraste com as concepções da teologia liberal acerca da imanência de Deus, da bondade do homem e de seu aprimoramento gradual. Artigo portado do Dr. Augustus Nicodemos Lopes. RudolfBultmann insurgiu-se contra o liberalismo teológico, assim como Karl Bar- th, com a diferença de que Barth ofereceu um caminho de volta à ortodoxia, ainda que em uma roupagem nova.

Que saída hermenêutica se pode dar a isso? O ponto de partida para Bultmann é a existência humana. O Cristo do querigma é o Cristo anunciado. Os primeiros. Por quase anos, a Igreja viveu discutindo sobre a pessoa de Cristo e sobre questões institucionais. Primeiro, havia disputa pelo poder entre Alexandria e Antio- quia. Durante todos aqueles séculos, havia ingerência do Estado sobre a Igreja. Às vezes, o Estado decidia sobre questões teológicas; outras vezes, a Igreja decidia sobre questões do Estado.

Novos pensadores surgiram e, com eles, novas ideias. O que mudou do primeiro século para hoje? Gastou- -se três séculos discutindo sobre a Trindade, até que, no Concílio de Niceia, em d.

Atualmente corresponde ao pensamento da Igreja na sua grande maioria. Desconhecido Credo Batism al usado em Roma. Credo Niceno 3 2 5 ,3 8 1 d. Líderes da Igreja reunidos no prim eiro Concílio de Niceia d. Credo Atanasiano do sexto ao oitavo séculos d. Confessa os ensinam entos da Trindade, bem como a pessoa e o trabalho de Jesus Cristo.

Artigos de Esm alcalde M artinho Lutero Artigos de fé que Lutero pretendia que se tornassem um a plataform a ecum ênica para um futuro concílio ecum ênico. Mais de 8. Enviado por Deus. Vida, Historia de la Reforma. The Christian Assembly. California: The Ralph E. O dedo de Deus ou os chifres do diabo? História do cristianismo ao alcance de todos. Minha caminhada com a Bíblia começou na tenra infância. Minha avó contava- -me histórias do Livro Sagrado.

Era rara a literatura bíblica adequada para crianças naquela época e, por isso mesmo, as aulas da Escola Bíblica Dominical me atraíam tanto. Que confirme isso quem se determina a ler a Bíblia de uma capa à outra.

O Espírito Santo inspirou diferentes escritores para que, com seu próprio estilo, talento e memória, narrassem e comentassem os fatos de maneira que um testemunho complementasse o outro. Mas custa ao leitor perceber tal complementaridade em uma primeira passada de olhos sobre o texto. É preciso recorrer a outras fontes.

Daí a importância de o leitor ter a Bíblia ao seu lado durante todo o tempo de estudo desta obra e, em especial, deste capítulo sobre o estudo da Bíblia, um texto que abre os olhos do leitor para enxergar a providência divina, que nos mostra como Deus permitiu que a Sua Palavra chegasse até nós, um texto que nos motiva a reler toda a Bíblia novamente, mas, dessa vez, com um novo olhar.

Ao pr. Com sinceridade, confesso que me fez bem ler este capítulo sobre Bibliologia. Que o Espírito de Deus ilumine sua leitura e renove seu amor pela Bíblia. Paulo R. As Escrituras Sagradas Todas as religiões têm escritos que garantem suas crenças, seus ritos e sua história.

Nesse sentido, somos iguais aos hinduístas, aos muçulmanos, aos budistas, aos espíritas etc. A leitura da Bíblia pode ser teológica. Pode servir para o preparo do pregador e do mestre. Nesse caso, a Bíblia deixa de ter o propósito principal para o qual ela se destina, tornando-se porta de juízo. Apesar disso, Deus revela-se a nós por meio das Escrituras.

Para comunicar- -se com o homem, Deus escreveu a Bíblia. Nesse manual, encontramos todas as diretrizes que Deus outorgou aos homens para que estes o sirvam de tal forma que atendam às Suas expectativas divinas. Do que nos adiantaria sofrer, pagar um alto preço pela nossa fé, esforçar-nos, dar o melhor de nós, e um dia descobrir que erramos o alvo? É exatamente para evitar esse perigo que a Bíblia existe.

Sem as Escrituras, ninguém conheceria a Deus. Para a ciência, um fato comprovado tem valor somente após ter resistido a todas as provas cabíveis do experimento científico. De Moisés aos profetas e dos profetas aos apóstolos, temos duas porções distintas que revelam, de modo peculiar, o mesmo Deus: no Antigo Testamento e no Novo Testamento. Suas palavras tanto apresentam o tom severo de profetas - que às vezes se mostram irados - como o tom melancólico de quem lastima pelos erros humanos, chamando-os ao arrependimento.

A palavra de uma pessoa revela os seus pensamentos. A ordem para escrever as Escrituras Sagradas veio de Deus. A Bíblia diz quem o homem é, de onde veio e para onde vai; e o destino de cada um é o principal assunto com que esse livro se ocupa. Ela é a própria Palavra de Deus em forma escrita.

Por causa da mensagem da Bíblia, pessoas sacrificaram suas vidas e algumas as expuseram à morte. Que livro é esse para conseguir tanto? Para merecer tanto acatamento, com certeza a Bíblia é um livro diferenciado de todos os outros do planeta. Esse livro é a própria Palavra de Deus! A Bíblia nos ensina a crer em Deus! Por meio da Bíblia, aprende-se a rejeitar tudo o que desagrada a Deus e aprende-se a aceitar e a praticar tudo o que o agrada.

As Raízes do Liberalismo Teológico. Fides Reformata. Bultmann é existencialista. Nenhuma literatura no decurso da história teve o poder de transformar um ser humano como as Escrituras Sagradas. Porém, essas mesmas pessoas, antes de fazerem parte da Igreja do Senhor, eram ímpias, pecadoras e injustas. As Escrituras promovem mudanças.

Ele é Deus manifestado em carne 1 Tm 3. Toda a autoridade religiosa, teológica, ética e espiritual do cristianismo evangélico procede das Escrituras Sagradas. Para manipular a tinta, usava-se um objeto pontiagudo ou uma pena de ave. Os hebreus preferiam usar o pergaminho, que consistia em uma tira curtida de couro de animal. As tiras formavam rolos de até 17 metros de comprimento.

Nos tempos bíblicos, usava-se outros materiais como pedra, barro, madeira, papiro e pergaminho. O papiro gr. Era feito de tiras de folhas de papiro que eram molhadas, cruzadas, prensadas e postas para secar. O pergaminho era feito de pele de animal curtida 2 Tm 4. Seu nome origina-se do nome da cidade onde foi criado: Pérgamo. Todo o Antigo Testamento foi escrito em um período de anos aproximadamente, entre a.

A Igreja tem o seu próprio Testamento, do qual falaremos adiante. No AT, vemos o divino concerto com esse povo, estudamos toda a trajetória daquela gente ao longo dos anos e atentamos ao Seu propósito final: a vinda do prometido Messias à terra.

Ele é apresentado como Santo e, na Sua santidade, quer ser reverenciado pelo homem. O Novo Testamento foi escrito por 9 autores diferentes, em um período de 46 anos aproximadamente, entre os anos 50 d. Esse é o Testamento de Deus para a Igreja.

A sua autoria é atribuída a Moisés. Esses escritos constituem-se de literatura poética e de cânticos, como é o caso de Salmos e Cantares. É também considerado o profeta Esse mesmo profeta avança no tempo, trazendo informações sobre o futuro reino milenar do Messias. O cessacionismo, continuísmo e o restauracionismo 4. O dom de línguas 5. O dom de profecia Nota 3 — Prova manuscrita Data A obra do Espírito Santo na vida de Jesus.

Beeke, Joel R. Boice, James M. Buswell, J. Clark, D. Clark, Gordon H. The Trinity Foundation. Dabney, Robert L. Genderen, J. Hodge, A. Kersten, G. Packer, J. Reymond, R. Shedd, William G. Smith, Morton H. Spykman, Gordon J. Vos, Johannes G. Warfield, B. Monografias de Pneumatologia. Bruner, F. Chantry, W. Edgar, Thomas R. Ferguson, Sinclair B. Gaffin, Jr. Hoekema, Anthony A. Exeter, The Paternoster Press, Matos, Alderi S. Milne, Garnet H. Smeaton, G.

Sproul, R. Robertson, O. Palmer, A Palavra Final Ed. Stott, J. Thomas, Robert L. Van Deursen, F. Vaughan, C. Warfield, Benjamin B. Bancroft, E. Eerdmans Publishing Co. Boyce, J. Braaten, Carl E. Bray, Gerald, God is love — a biblical and systematic theology Crossway Books. Chafer, L. Culver, Robert D. Erikson, Millard J. Evans, W. Fiorenza, F. Fitzwater, P. Horton, Stanley M.

Keeley, R. Kehl, Medard, A igreja — uma eclesiologia católica Edições Loyola. Koehler, E.