scottcalhoun.info
Hospedagem de arquivos em portugues do futuro
 

BAIXAR GRATIS O EVANGELHO DE JUDAS

scottcalhoun.info  /   BAIXAR GRATIS O EVANGELHO DE JUDAS
postado por Daniele

GRATIS O EVANGELHO DE JUDAS

| Escritório

    Posts sobre baixar livros apócrifos grátis escritos por hebreuisraelita. – Evangelho Pseudo-Tomé. – Evangelho Segundo Judas. – evangelho. DIRECT DOWNLOAD! Evangelho de judas download pdf O relato secreto da revelação, que Jesus falou em conversa com Judas. Iscariotes. EVANGELHO DE JUDAS. Tradução de Urbano Zilles∗. A tradução aqui apresentada do evangelho apócrifo de Judas funda-se na tradução alemã publicada.

    Nome: gratis o evangelho de judas
    Formato:ZIP-Arquivar
    Sistemas operacionais: iOS. Windows XP/7/10. MacOS. Android.
    Licença:Apenas para uso pessoal (compre mais tarde!)
    Tamanho do arquivo:29.62 MB


    DE BAIXAR JUDAS O EVANGELHO GRATIS

    Disse Jesus: Ai dos fariseus! Descobertas e indícios sobre o suposto evangelho de judas. Jesus disse: Eu estava no meio do mundo e me revelei a ele corporalmente. Download - Adobe Reader - para visualizar arquivos. Incluímos também, ao final, os manuscritos encontrados em Qumran, nas grutas do Mar Morto, que foram escritos ou preservados por uma comunidade que vivia nesse deserto separada dos grupos religiosos da Palestina do tempo de Jesus Saduceus, Fariseus, Samaritanos, etc.

    DIRECT DOWNLOAD! Evangelho de judas download pdf O relato secreto da revelação, que Jesus falou em conversa com Judas. Iscariotes. EVANGELHO DE JUDAS. Tradução de Urbano Zilles∗. A tradução aqui apresentada do evangelho apócrifo de Judas funda-se na tradução alemã publicada. o evangelho de judas pdf download. O Evangelho de Judas no apenas mais um dos escritos ignorados no momento em que o Cristianismo se fundamentava. PARA FAZER DOWNLOAD DO TEXTO, EM PDF, CLIQUE AQUI.O Evangelho de Judas um evangelho apcrifo, atribudo a autores gnsticos. Conta a verso de. Judas Iscariotes. Rubens Santini – Abril/ – Distribuição gratuita O Evangelho retrata Judas como o discípulo mais próximo de. Jesus e que cometeu o.

    Isso de viver no abismo renunciando a toda felicidade… Desprovido de Ego e, no entanto, vivendo no abismo, tratando de salvar aos perdidos.

    Sequer no mundo físico o consideram. Ninguém, nem remotamente, suspeita o que é o sacrifício de Judas pela humanidade. De maneira que ele é o melhor dos discípulos que Cristo tem.

    Eles estudaram o corpo da doutrina de Judas: a morte total do Ego. Todos os mistérios de Judas têm de ser vividos no mundo causal. Ele é o melhor dos discípulos do Senhor, o maior dos sacrificados. Quando consegue encontrar alguém arrependido, ele o instrui e se o recupera, tira-o do abismo. Isso faz Judas! De forma que condenar Judas é o pior dos delitos.

    Este é o corpo de sua doutrina: Quem nós temos de condenar é o judas interno. A esse é que se tem de condenar. Judas nos indicou isso com a sua doutrina.

    Judas Iscariotes e seu evangelho

    Esta é a sua doutrina. A doutrina dele é a mais profunda: a morte absoluta do Ego. Os membros da seita dos iscariotes foram queimados vivos nas fogueiras que ardiam na Europa. Graças a isso, o planeta Terra pode viver. O sol depositou nas glândulas dessas maquininhas os germes para formar o homem.

    Esses germes podem ser perdidos e o normal é que se percam. A partir de agora, transcrevemos perguntas de estudantes gnósticos a Joaquin Amortegui bodhisattva do V. Rabolu, um dos 42 Juízes dos Tribunais de Deus. Rabolu: Através das seitas religiosas ou crenças, sempre se teve Judas como um elemento perverso, daninho, mau. Mas, em realidade, ante as hierarquias cósmicas e eu sou muito testemunho disso , o que tocou aos Apóstolos foi um drama cósmico para nos dar o ensinamento vivo, do que tínhamos que realizar cada um de nós.

    Baixamos e chegamos até onde estava Judas. Vimos que era de uma luz resplandecente, que iluminava tudo ao redor. Seus discípulos recebiam dele muitos ensinamentos. Porém, ensinamentos que se dizem verdadeiramente esotéricos.

    Ele luta por tirar almas do Abismo, para que aqui no mundo físico se revolucionem. Este é um trabalho dos mais sérios e difíceis que vi. Ele é um Ser, apesar de toda palavra que pronunciam aqui os religiosos e os crentes contra ele, ele a sente. Ele sente aquilo. Sente-o em carne viva. Vejam, toda a humanidade falando dele, porque se desconhece realmente sua elevada hierarquia! Enviaram-no a um amigo meu. Nesse livro relata um jornalista tudo o referente a Judas, ditado pelo próprio Judas.

    Este apareceu ao periodista, porém, sem dizer que ele era Judas. O relato contém um grande ensinamento. Este livro o vamos tirar à luz. Vamos edita-lo. Pergunta: Isto, Mestre, é uma verdadeira primícia. Poderia adiantar-nos algo dessa entrevista?

    JUDAS BAIXAR DE O GRATIS EVANGELHO

    O Mestre Judas se materializou ao periodista para ditar-lhe o ensinamento? Ele apareceu momentaneamente a um jornalista e se fizeram amigos. Porém, sempre que o periodista estava em apuros, ele lhe servia. Durante um tempo, muito regular, esteve-lhe aparecendo, porém, em carne e osso. É um relato muito bonito que faz o jornalista. Pergunta: Existe um paralelismo entre esse livro que o senhor menciona e o gnosticismo desvelado por Samael Aun Weor?

    Rabolu: Vai ser uma coisa muito parecida. Porém, em realidade é a mesma coisa. Isso, para mim, é muito bonito, porque eu conheço muita, muita história viva de Judas. Sei de seu processo e de todas essas coisas.

    Até aqui, as palavras do Mestre Rabolu. Sobre a obra desse jornalista sobre sua entrevista com o Mestre Judas, o melhor é lermos o próprio livro que se baseou nesse encontro. Muito obrigado pelos Iluminados Mestres Gnósticos. Esta Obra é relmente imperdível. Ve que o próprio Cristo ensina a nunca julgar e a sempre perdoar… Julgam a Judas e o repudiam até nos dias de hoje…! O mais interressantes nesses arquivos de judas e que o suposto traidor na humanidade nao era ruim ele so tinha que cumprir seu papeu no mundo espiritual e em nossas vidas sempre havera possiveis traidores mas com uma finalidade elevar nosso conhecimento e quebrar nosso ego.

    Na peça do universo os judas tem seu grande papel fazer com que grandes mestres nasçam. Assim foi com judas teve que se cumprir a profecia. Estou cansado e entediado de procurar Deus em igrejas onde a palavra de Deus é tratada com descuidado e desrespeito por homens e mulheres cheios de vaidade cantando e gritando em microfones aquilo que deveria ser falado com amor e carinho, que é a palavra de Deus.

    Quero crescer em conhecimento e fé obtendo novos pontos de vista como os livros apocritos. Caramba nunca comentei tanto num site.

    A Ordem de Deus: O testemunho de Judas

    Todo religioso quer adaptar Deus a si mesmos e nao oferecem suas vidas em obras a Bom Deus. Tudo de bom gente vou parar de encher vcs.

    Cristo vem explica os mandamentos, nos ensina sobre AMAR e tudo q fazemos e julgar, lamentar, qualquer coisa q justifique nossa falta de plena bondade. Alguem disse: Se olham no espelho e nao vem a maldade, mas a praticam. Querem conhecer a BomDeus? Imitem Cristo em suas vidas sem medo de serem julgados otarios ou bobos, mas nao tao a ponte de deixarem prejudicarem vcs, vivam e perdoem os q te fazem mau sejem boas pessoas, tenham humildade, informaçoes, educaçao para com todos, independente do mundo la fora, solicitude sem dar mole pra quem nao ta nem ai.

    Louvam a um deus cheios de preconceitos, egoismos, mentiras e acham q deus perdoa; o amor honra. Essa historia de que Jesus teve filho, isso é heresia, procure se converte e conhecer a verdade que e Jesus, cuidado com o que vc houve nao se deixe levar por impulsos. Desde quando ter filhos é ofender a Deus?

    Fui informada que consta no evangelho segundo Judas que Jesus se casou com Maria Madalena. Este comentario realmente existe ou é apenas um boato? Judas foi traidor e suicidou-se por isso! A estatua ja tem,sera que a besta ja esta falando? A necessidade em acreditar em algo após a morte torna as pessoas cegas. Os registros da história no mundo foram sempre alterados de acordo com interesses políticos, isso é fato. Devemos conhecer tudo o possível e tirarmos nossas conclusões.

    O profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Era possuidor de praticamente tudo, menos da vida eterna. É bom que se deseje a vida eterna. Com certeza, ele compreendeu que a vida espiritual é muito mais importante do que toda a sua riqueza. Ele era jovem Mt Em Lucas Isto parece indicar que ele era um chefe da sinagoga conforme o uso da mesma palavra em Mateus 9.

    Parece--nos, portanto, que era um líder religioso dos judeus — devoto, honesto, jovem, rico, proeminente, muito respeitado e influente. Ele tinha tudo. Indica que Mateus deve ter-se surpreendido que esse homem fosse procurar Jesus e admitisse precisar da vida eterna.

    Aqui temos um homem indubitavelmente perturbado. Ele fora a Jesus por causa de uma necessidade que sentia profundamente. Ele mesmo identificara qual a sua carência pessoal: vida eterna. A vida eterna é ser participante do reino onde habita Deus. Isso parece ser o que desejava o jovem rico. Talvez percebesse a sua incapacidade de agradar a Deus perfeitamente.

    Quanto a isto, ele foi muito perspicaz. Espiritualmente, ele estava muito além dos fariseus, que viviam satisfeitos com os seus próprios pensamentos. Ninguém pode incriminar o motivo que o levou a aproximar-se de Jesus. Parecia sentir profundamente as suas carências. Ele estava em desespero. Marcos Veio, também, publicamente. Diferentemente de Nicodemos, que veio à noite, esse homem veio em plena luz do dia e diante de outras pessoas. Era preciso uma coragem tremenda da parte de um homem como aquele, para fazer uma tal pergunta.

    Ele tinha muito o que perder ao admitir abertamente sua carência por vida eterna. Marcos também nos diz que esse jovem rico ajoelhou-se aos pés de Jesus. Tendo sido religioso a vida inteira, sabia que lhe faltava algo. É certo que exagerou. Todavia, aparentemente ele realmente vivia uma vida exemplar, no que toca ao exterior.

    Porém, sentia um vazio profundo, e aproximou-se de Jesus procurando preencher esse vazio. Ele estava pronto. Sentia-se entusiasmado em sua busca da vida eterna. É certo que a sua atitude era correta.

    Que oportunidade! Era jovem, rico, inteligente e influente. Pense no que poderia fazer se viesse a Cristo! Poderia dar o seu testemunho, escrever um livro, e tornar-se um grande contribuidor para a causa de Cristo. Nenhum evangelista que pregue o evangelho contemporâneo perderia uma oportunidade destas!

    As pessoas procuram encontrar a vida eterna nos lugares mais extravagantes! Ele trata de assegurar-se de que a maioria das pessoas nunca encontre a vida eterna, fazendo-as gastarem a vida inteira procurando-a nos lugares errados. O jovem rico estava procurando no lugar certo. Ele dirigiuse ao Senhor, chamando-o de didaskalos Mestre, ou professor. Ao usar esse título, ele reconheceu que Jesus era um mestre da verdade divina.

    Ele teria usado a palavra kalos para referir-se a uma bondade estritamente exterior. Parece que ele foi cativado pela autoridade dos ensinos de Jesus e pelo poder de sua vida virtuosa. Fez a Pergunta Certa Muitos leitores desta passagem de Mateus 19 têm censurado o jovem rico por sua pergunta.

    Apesar de toda essa herança religiosa, sua pergunta foi boa. O Senhor nada falou sobre si mesmo ou sobre os fatos do evangelho. Falando literalmente, a resposta estava correta. Se alguém conseguisse guardar a lei a vida inteira, sem nunca violar um til ou jota, seria perfeito, sem pecado. Estava Tomado Pelo Orgulho Apesar de tudo o que esse jovem tinha em seu favor, faltava-lhe uma qualidade importante.

    E Jesus sabia que faltava completamente a ele o senso de sua própria pecaminosidade. Muito do evangelismo contemporâneo é lamentavelmente deficiente em confrontar as pessoas com a realidade do seu pecado pessoal. Aos crentes de hoje se lhes ensina que tudo o que têm a fazer é descobrir quais as carências psicológicas das pessoas, e ofececer-lhes Jesus como panacéia para o problema, seja qual for. Em vez disso, sua resposta confrontou o rapaz com o fato de que ele era, perante Deus, uma ofensa viva.

    Era fundamental que ele percebesse a sua pecaminosidade. É para pessoas que compreendem que têm vivido em rebeldia contra um Deus santo. E para aqueles que querem dar meia volta e viver para a glória de Deus.

    A lei sempre precede a graça: ela é o preceptor que nos leva a Cristo G1 3. O jovem rico perguntou a Jesus quais os mandamentos que deveria guardar. Porém, o importante é notarmos que Jesus pregou a lei para ele. Mas, ele a rejeitou totalmente. Talvez nunca tivesse assassinado alguém.

    Talvez nunca tivesse adulterado. E é bem possível que, na superfície, ele houvesse mesmo feito todas essas coisas. Todavia, a ênfase do ensino de Jesus, desde o princípio, tinha sido em definir toda a lei, de tal maneira que ninguém — nem mesmo aqueles que se apegavam rigidamente às suas exigências externas — pudesse considerar os mandamentos e sentir-se justificado cf. De forma alguma ele poderia dizer com honestidade que sempre cumprira a lei. Externamente, ele havia guardado a lei.

    Tenho guardado toda a lei. Esse homem realmente acreditava que era justo, que obedecia a lei. Neste ponto, Marcos Esta frase pinta um quadro tocante. Esse jovem era sincero. A sua busca espiritual era genuína. Ele realmente era uma pessoa religiosa. E Jesus o amou. Mas devemos estar prontos a abandonar tudo Lc Temos dc estar prontos a fazer seja o que for que Ele mandar. O Senhor fez um ataque frontal ao ponto fraco daquele homem — o pecado da ganância, da indulgência e do materialismo.

    Ela amava as suas propriedades. Diz Mateus É interessante que tenha se retirado triste. Zaqueu sentiu profunda tristeza pelo seu pecado. Estava disposto a fazer qualquer coisa — inclusive livrar-se de toda a sua riqueza — para ir a Jesus Cristo, nos termos que Jesus determinara. Provérbios Esse jovem pensava que era rico, mas afastou-se de Jesus com absolutamente nada. Este é o ensino constante e inequívoco das Escrituras.

    A fé salvadora é um compromisso de se abandonar o pecado e seguir Jesus Cristo, custe o que custar. Para vir a Jesus, a pessoa precisa dizer sim a Ele. Isso significa que Jesus tem prioridade e torna-se o Senhor supremo de nossas vidas. Do ponto de vista humano, pode tratar-se da verdade mais importante jamais registrada nas Escrituras. Sua conversa com o jovem rico, em Mateus 19, ajuda--nos a compreender a terminologia que Ele usava.

    O jovem perguntou a Jesus o que deveria fazer para obter a vida eterna. Portanto, entrar no reino dos céus é sinônimo de obter-se a vida eterna. O apóstolo Paulo disse, em 1 Timóteo 1. Busca e Resgate É da natureza de Deus buscar e salvar pecadores. Em Ezequiel Portanto, convinha que, quando Cristo viesse ao mundo dos homens como Deus encarnado, Ele fosse conhecido, antes de tudo, como Salvador. Até mesmo o seu nome foi divinamente escolhido para ser o nome de um Salvador.

    É essa verdade o que caracteriza o evangelho como boas novas. Mas o evangelho é boa nova somente para aqueles que vêem-se a si mesmos como pecadores. Se o fazem, Jesus torna-se amigo deles cf. Mt Multidões de pecadores arrependidos manisfestaram-se durante o ministério terreno de Jesus. Ele ministrava continuamente a publicanos e outros proscritos.

    Pior: nem sentiam a sua própria pecaminosidade. Jesus nada podia fazer por eles. O seu encontro com Jesus deu-se em Jericó, estando o Senhor a caminho de Jerusalém, onde iria morrer.

    Jesus estivera pregando na Galiléia por algum tempo. E, como que para mostrar exatamente porque Ele tinha de morrer, fez uma pausa em Jericó para alcançar um infeliz publicano.

    A sua fama se espalhara por toda a Palestina. A notícia se espalhou, e as pessoas estavam curiosas. Cada habitante de Jericó capaz de locomover-se saiu à rua, preparando-se para ver Jesus passar.

    A cidade estava alvoroçada. Seria Ele o Messias? Teria vindo para dominar? Estaria chegando para derrotar os romanos e estabelecer o seu reino? Jericó ficava a nordeste de Jerusalém, num entroncamento internacional, onde se encontravam as principais estradas vindas do norte, sul, leste e oeste. Sua alfândega, onde se coletavam os impostos, era movimentada.

    Buscando o Salvador Zaqueu era desprezado por toda a comunidade. Esse era o caso da maioria dos publicanos. O Senhor Jesus demonstrou um amor especial pelos publicanos. Sempre que Lucas fala de um publicano 3. Eles eram os proscritos de uma sociedade cheia de religiosidade — pecadores flagrantemente notórios — o tipo exato de gente que Jesus veio salvar.

    Em nosso estado natural, decaído, estamos mortos em delitos e pecados Ef 2. Assim, só quando Deus começa a buscar uma alma é que esta pode corresponder, procurando-O. Quando alguém busca a Deus, podemos estar certos de que essa busca é uma resposta ao estímulo do Deus que nos procura. Apesar disso, Deus conclama os pecadores a que O busquem. Isaías Jeremias Deus diz, em Amós 5. Sendo buscado por Deus, Zaqueu estava buscando.

    Zaqueu tinha ouvido falar de Jesus, mas aparentemente nunca O tinha visto. O tempo verbal indica que ele estava se esforçando constantemente para ver Jesus. Com certeza. Um desejo de libertar--se da culpa? Bem pode ser. Um homem tremendamente culpado. Mesmo assim, em vez de correr e esconder-se, ele queria desesperadamente ver a Jesus.

    EVANGELHO DE BAIXAR JUDAS O GRATIS

    Acrescente-se a isso a sua baixa estatura. Uma pessoa de pequena estatura podia subir rapidamente pelo tronco, assentar-se num galho e ficar sobre a rua. E foi isso o que fez Zaqueu. Zaqueu só queria ver Jesus. Esta, sim, foi uma abordagem evangelística direta!

    Talvez o soubesse por sua onisciência. Mas ele alegrou-se. Tanto a elite religiosa quanto o povo comum desprezavam Zaqueu. Seus olhos cheios de auto-justiça viam unicamente o pecado dele. Condenaram-no por isso. Ao fazê-lo, condenaram--se a si mesmos.

    Contudo, podemos pressupor que Jesus confrontou o pecado dele. Certamente Jesus revelou a Zaqueu quem Ele realmente era — Deus encarnado. Observe que Zaqueu chamou Jesus de Senhor. Porém é certo que aqui ele significa mais do que isso. No versículo 9, Jesus disse que Zaqueu fora salvo. Assim sendo, Zaqueu deve ter reconhecido Jesus como Senhor no sentido de sua deidade, confessando-O como seu Senhor pessoal.

    Eis um homem radicalmente transformado. O tomador tomou-se doador. Pagaria aqueles de quem roubara, dando-lhes quatro vezes mais. Toda a evidência indicava que Zaqueu era um crente genuíno. Leia novamente Lucas Romanos 2. Romanos 4. Mas as obras foram uma importante evidência de que a sua fé era real. A experiência de Zaqueu harmoniza-se perfeitamente com Efésios 2.

    A resposta de Zaqueu ao chamado de Jesus confirma a verdade desse versículo. A cristandade contemporânea mui freqüentemente aceita um arrependimento superficial, infrutífero. Foi com este propósito que Jesus veio ao mundo.

    Ez Schuyler English, et al. Mesmo assim os crentes que se tornam agnósticos continuam salvos; continuam nascidos de novo. Se uma pessoa se volta contra Cristo, isso é prova de que essa pessoa jamais foi salva. Ele seguiu Jesus durante três anos, com os demais discípulos. Ele parecia ser um deles. Presumivelmente, ele mesmo pensava que era um crente, pelo menos no início. Afinal de contas, ele também havia deixado tudo para seguir ao Senhor. Durante três anos, dia após dia, Judas ocupou-se com Jesus Cristo.

    Ele viu os milagres do Senhor, ouviu as palavras dEle, e até participou no seu ministério. Nesse tempo todo, ninguém questionou a sua fé. Ele gozava do mesmo status que tinham os demais discípulos. Deixou até mesmo que o Senhor lhe lavasse os pés!

    E isso, depois de haver feito a barganha em que vendeu Jesus por trinta moedas de prata! Jesus sempre soube de tudo. Por que o Senhor escolheu Judas? Para que se cumprisse a Escritura. Jesus estava citando o Salmo Outro salmo profético a respeito de Judas é o Eis um retrato perfeito de Judas. Judas ouviu o evangelho do próprio Jesus, mas, ainda assim, recusou-se a abandonar o pecado e o egoísmo. Imagine o quanto aquele grupo ficou chocado — todos, menos Judas.

    O que angustiava Jesus? Provavelmente muitas coisas. Judas, um dos próprios discípulos de Jesus, nunca fora realmente salvo cf. Os corações dos discípulos devem ter se acelerado quando Jesus disse que um deles haveria de traí-Lo.

    Senhor, Quem é? É interessante notar que os discípulos estavam perplexos. Ao que tudo indica, Jesus tratava Judas da mesma forma que aos demais discípulos.

    Por três anos o Senhor foi gentil, amoroso e generoso para com Judas, exatamente como o foi com os outros onze. Se houve alguma censura à incredulidade de Judas, isso aconteceu em particular e pessoalmente. Todos os discípulos teriam percebido, caso Jesus o tivesse tratado diferentemente. Se Judas fosse conhecido como a ovelha negra do grupo, com certeza alguém teria sugerido que ele seria o traidor.

    Mas ninguém o fez. De fato, Judas era o tesoureiro do grupo; os discípulos confiavam nele. Esta era a postura normal num banquete. Quando se voltou para falar-lhe, a cabeça do Senhor ficou pouco acima da sua.

    Uma eternidade inteira aparece neste versículo.

    Faze-o Depressa Agora, Jesus nada mais queria com Judas. Judas confirmara a sua incredulidade e Jesus nada mais tinha a dizer-lhe. O traidor estava se intrometendo no tempo que Jesus queria passar a sós com os seus discípulos.

    Como as aparências podem enganar! À Noite E Judas saiu. Era noite v. Começava, também, a noite eterna para a sua alma. Porque sua fé jamais foi genuína. Sua vida, vivida à luz brilhante da presença de Jesus, terminou em noite de desespero. Aconteceu ainda naquela mesma noite, no jardim onde o Senhor foi orar. Esse beijo fora o sinal combinado, que Judas tinha concordado para identificar Jesus.

    O beijo fazia parte dos costumes no tempo de Jesus. Os escravos beijavam os pés dos seus senhores. Expressava-se grande reverência ao se beijar a orla de uma veste. Mas o sinal de grande afinidade, amor e intimidade, era o abraço acompanhado de um beijo na face. Tal gesto era reservado aos amigos realmente mais chegados. O beijo de Judas foi um ato vil.

    Talvez tenha pensado que ainda podia enganar a Cristo e aos discípulos. Mas Lucas O Senhor Jesus teve de suportar esse beijo desprezível. Sua palavra final, registrada em Mateus Este nome Ele reserva para os que lhe prestam obediência Jo Eles abandonaram Jesus. Pedro chegou mesmo a negar a Cristo três vezes, ratificando-o com pragas.

    O pecado de Judas revelou uma alma completamente depravada. Quando Jesus confronta esse discípulo, ele volta a viver uma vida de serviço para o Salvador. Observe com cuidado as características da sua hipocrisia. Primeiro, ele amava o lucro temporal mais do que as riquezas eternas. Queria glória, sucesso e tesouros deste mundo. Um traço típico dos falsos discípulos é que seguem Jesus para alcançar seus desejos pessoais; porém, quando em vez de concessões Ele faz exigências, eles O abandonam.

    Tais pessoas revelam que, desde o início, nunca tiveram uma fé genuína. Cresce bem, por um tempo, mas quando vem o sol, seca e morre cf.

    Seguem a Cristo por uma temporada, mas por fim trocam-No por dinheiro, prestígio, poder ou aspirações egoístas. Em segundo lugar, Judas era mestre do engano. Assim como Judas, eles amam o mundo e amam as trevas. Receio que haja multidões como Judas na igreja contemporânea. Contudo, pelo fato de haverem desviado os seus olhos de Cristo e criado ídolos religiosos 3.

    Observe as palavras de Paulo ao referir-se ao que cometera incesto, no capítulo 5. Bibliotheca Sacra Janeiro — Março , pp. O fato de se terem envenenado com as heresias gnósticas de Himeneu, cuja fé também naufragou cf. E, sim, um apelo e uma ordem a que se arrependam e sigam-No.

    Deus liberta o pecador do império das trevas para o reino da luz Cl 1. O retrato que os evangelhos nos apresentam de Jesus é totalmente diferente daquele que os evangélicos contemporâneos geralmente imaginam. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.

    Tudo me foi entregue por meu Pai. Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. As pessoas a quem o Senhor falou estavam sobrecarregadas com pecado e legalismo, lutando com suas próprias forças para encontrar descanso. Ele a fez em voz alta, na presença do povo. Portanto, a verdade nela expressa fazia parte crucial da mensagem dirigida àquele povo. O trabalho na Galiléia estava chegando ao fim. Humildade O primeiro deles é a humildade. Ao invés de encontrarem a verdade, eles haviam erigido um sistema de erro teológico.

    Esta é a mesma verdade mencionada pelo apóstolo Paulo em 1 Coríntios 2. Os que se reconhecem incapazes e vazios. O Salmo Os galileus que rejeitaram Jesus estavam voltados para um sistema de justiça decorrente de obras. Eles eram prósperos, autosuficientes e egoístas. Porém, as pessoas menos sofisticadas, profundamente angustiadas por seus pecados, humildes e quebrantadas, estavam abertas para Cristo.

    E assim, Deus se agradou em revelar-lhes a verdade. O que é revelado é um conhecimento pessoal do Pai e do Filho. Esta é uma das passagens mais profundas de toda a Escritura. Ele havia demonstrado a sua autoridade para salvar, perdoar pecados e julgar. Ele havia provado ter autoridade sobre os homens, a terra, o céu, o inferno — e até mesmo sobre o tempo.

    Ninguém, com recursos limitados, jamais pode conhecer o Pai como o Filho. Tal conhecimento é inacessível a seres finitos. E Deus escolheu revelar a verdade aos pequeninos. Significa trabalhar ao ponto de suar e exaurir-se.

    Todavia, a lei criava um jugo pesado demais para se carregar cf. At Deixem o seu desespero e venham. Ninguém é convidado a trazer a sua carga e simplesmente acrescentar Jesus a ela. Ir a Jesus é crer nEle. A fé é o outro lado do arrependimento. Enquanto o arrependimento fala em abandonar o pecado, a fé fala de ir ao Salvador.

    Jesus é o objeto da fé salvadora. Em desespero, a alma volta-se do fardo do pecado e abraça Jesus. O jugo usado pelo animal para puxar uma carga era utilizado pelo condutor para dirigir o animal. O jugo também significava discipulado. Nos escritos antigos, quando um aluno se submetia a um professor, dizia-se que ele tomava o jugo do professor.

    O jugo também envolve obediência. A evidência de uma tal volta é o desejo de submeter--se e obedecer. Ele é manso. Ele é compassivo. A obediência, sob o seu jugo, é uma alegria. E quando desobedecemos que o jugo esfola o nosso pescoço. Este é um eco de Jeremias 6. Jesus recebeu uma resposta idêntica. Seu jugo era suave, mas, para corações pecaminosos, rebeldes, teimosos e carregados pelo pecado, a exigência de ir a Ele era grande demais. O convite foi desprezado.

    Os homens amaram mais as trevas do seu próprio pecado do que o fulgor da glória de Cristo. A base de tudo era uma vida transformada e ser um crente ativo — um discípulo Citado em Etemity, Setembro de , p.

    O Evangelho Proibido de Judas e outros Apócrifos

    Observe que a passagem de Apocalipse 3. Tomai sobre vós o meu jugo Mateus 12 registra em detalhes o que aconteceu imediatamente depois de pronunciado aquele convite. Israel rejeitava o seu Rei e recusava o reino que Ele oferecia. Daquele dia em diante, o curso do ministério de Jesus mudou. Agora, o seu chamado era para indivíduos — tanto judeus quanto gentios — a que se rendessem pela fé ao jugo do seu senhorio. Até mesmo o estilo do seu ensino mudou.

    Começando naquele mesmo dia Mt Os que odiavam a verdade nem se preocuparam em fazer perguntas. O reino sonhado pelos judeus nada tinha de misterioso.

    Tratava-se de um regime político permanente e terreno que colocaria o mundo inteiro sob o governo do Messias de Israel. Afinal, é assim que eles viam o reino descrito no Velho Testamento.

    Ele governa como Rei somente sobre aqueles que crêem. Este aspecto do reino de Deus era um mistério para aqueles que buscavam uma monarquia política. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho, e, vindo as aves a comeram. Outra caiu entre os espinhos, e os espinhos cresceram e a sufocaram. Outra, enfim, caiu em boa terra, e deu fruto: a cem, a sessenta e a trinta por um.

    A agricultura era o próprio centro da vida judaica e todos entendiam de semeadura e do cultivo de espigas. É mesmo possível que, de onde Jesus ensinava, as multidões pudessem enxergar homens semeando. A semente caía em quatro tipos de solo. À Beira do Caminho O primeiro tipo era a terra endurecida do caminho que margeava o campo. A Palestina era coberta de campos. Viajantes de toda parte utilizavam-se dessas trilhas; Mateus Esse método de semeadura fazia com que parte da semente caísse sobre os caminhos.

    O constante pisar dos pés dos transeuntes, bem como o clima seco, compactava o solo dessas trilhas de uma tal maneira que se tornavam duros como um asfalto. O que restasse, diz Lucas 8.

    Dessa forma, as aves e os viandantes destruíam a semente que caía à beira do caminho. A medida que a semente cai nesses lugares rasos e começa a germinar, suas raízes logo alcançam essa camada rochosa, sem terem para onde expandir-se.

    Este solo tinha boa aparência. Profundo, rico, argiloso, fértil. A época da semeadura parecia limpo e preparado. A planta cultivada é um elemento estranho, carente de cuidado e cultivo. No fim, as plantas boas acabam sufocadas. E é limpo, diferentemente do solo infestado de pragas. Aqui a semente abre--se para a vida e produz enorme colheita, a cem, a sessenta e a trinta por um. Quem pode compreendê-la? Somente aqueles que têm ao Rei como seu Instrutor.

    Os discípulos devem ter concluído que esta simples estória sobre plantar e colher escondia alguma rica verdade espiritual. Marcos 4. E Ele o fez. A Semente e o Semeador A sós com os discípulos e outros crentes inquiridores Mc 4.

    O EVANGELHO GRATIS JUDAS BAIXAR DE

    A semente é a mensagem sobre o Rei e o seu reino. A narrativa paralela de Lucas 8. Portanto, o semeador é todo aquele que planta a semente do evangelho pela Palavra de Deus cf. O protótipo de todos os semeadores é o próprio Senhor Jesus. A semente ilustra o evangelho de modo muito próprio. As diferenças têm a ver com influências do meio-ambiente. Todos os solos poderiam receber a semente, se tivessem sido preparados da maneira apropriada. Em essência, somos todos exatamente iguais, mas somos condicionados diferentemente, de acordo com as influências que nos vêm amoldar.

    A mensagem bate nele e volta. Lucas 8. Cada vez que se tenta testemunhar para essas pessoas, tem-se de começar tudo novamente. Professantes assim superficiais, constituem uma das maiores decepções do ministério pastoral. Aparentemente, sua fé parece muito encorajadora. Tal pessoa é consumida pelos cuidados deste século. Por algum tempo, se parecem exatamente com os demais crentes. Vêm à igreja, identificam-se com o povo de Deus, mostram até mesmo sinais de crescimento.

    Mas nunca produzem fruto espiritual. É assim o solo praguejado. O evangelho germinou, mas foi sufocado antes de poder frutificar. O solo tem de estar limpo de espinhos e pragas se é que deve haver colheita. Ainda assim, coragem! Terra dura, terreno superficial ou terra praguejada nem sempre permanecem assim. Um antigo método de agricultura na Palestina era de primeiro jogar a semente e depois revirar a terra.

    Somente um produz fruto, e, por isso, só ele tem valor para o agricultor. Este bom solo simboliza o crente. O solo da beira do caminho representa aqueles que rejeitam completamente o evangelho. Muito tem sido escrito, recentemente, na tentativa de argumentar que o solo superficial e o solo praguejado representam crentes verdadeiros, muito embora improdutivos. Na colheita, o solo praguejado em nada é melhor do que o rochoso ou do que o da beira do caminho.

    Nenhum deles presta. Observe que nem toda a boa terra produz a mesma quantidade. Uma parte produz a cem por um, outra, a sessenta, e outra a trinta por um. Mas todo crente é frutífero, em alguma medida. Seja a cem, sessenta, ou trinta por um, o fruto espiritual dos verdadeiros crentes distingue-os do solo endurecido da beira do caminho e da inutilidade de um canteiro de pragas. O solo preparado necessita apenas receber a semente certa.

    O conceito judeu do reino erigia-se sobre promessas do Velho Testamento tais como Daniel 2. Referências paralelas, tais como Mateus Primeiro, revelam os falsos crentes.

    E, segundo, fortalecem os verdadeiros crentes. Warren W. Sinto-me envergonhado pelo modo como os crentes toleram o pecado em seu meio. Os crentes podem e, às vezes, comportam-se de modo carnal. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio. Donde vem, pois, o joio? Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso.

    Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio? Até que sua espiga estivesse madura, era quase impossível distingui-la do trigo verdadeiro, mesmo sob o escrutínio mais severo.

    Que pode significar esta estória? Estavam mais interessadas em ver milagres e em serem alimentadas do que em conhecer a verdade Jo 6. Todavia, os discípulos quiseram saber.

    Este é o título que Jesus usou mais do que qualquer outro para referir-se a si mesmo. Somente uma vez no Novo Testamento este título é utilizado por outra pessoa para descrever Jesus. Em todas as outras vezes, quem o utiliza é o próprio Senhor. E também O associa à profecia messiânica Dn 7.

    De acordo com Mateus Subentende-se que o semeador — o Filho do Homem — é o dono do campo. E o que é que Ele semeia? E Ele os semeia por todo o seu campo, que é o mundo. O Filho do Homem — Jesus — semeou os filhos do seu reino no mundo. Esses filhos incrédulos do maligno vivem lado a lado com os crentes, no mundo.

    Tal ensino violaria tudo o que o Novo Testamento ensina sobre a disciplina na igreja. Nada temos a ver com falsos mestres e falsos crentes 2 Jo E-nos ordenado claramente que expulsemos tais influências da igreja 1 Co 5. Nós, que pertencemos ao reino, habitamos no mesmo mundo dos incrédulos. Os discípulos estavam prontos a empunhar a foice e exterminar os filhos do diabo, e podemos compreender seus sentimentos.

    Tal sabedoria tem sido confirmada vez após vez ao longo da história mundial. Sempre que algum movimento religioso tentou erradicar do mundo o paganismo, foi a igreja verdadeira quem mais sofreu. Fomos plantados neste mundo pelo Senhor. Nunca devemos tentar fugir do mundo. Devemos ficar onde fomos plantados e frutificar. Podemos até mesmo ter uma influência positiva sobre o joio. É claro que o simbolismo se quebra aqui. No sentido espiritual, todo trigo começa como joio.

    Em Mateus 7. É-nos ordenado ensinar o evangelho cf. O pontochave, como sempre, é o fruto espiritual que produzem. E assim é no mundo espiritual. Eles vivem no mundo onde florescem os filhos do maligno. Mas os filhos do reino têm uma natureza celestial. O fruto que produzem é diferente daquele produzido pelos filhos do maligno.

    Você pode contar com isso. Paulo reprovou os coríntios por sua arrogância no que diz respeito à presença do pecado em seu meio 5. E vergonhoso o fato de que os escândalos dos anos 80 tenham revelado pecado ainda maior na igreja professante do que na política secular.

    O evangelho segundo Jesus é exatamente o oposto. O Senhor freqüentemente enxotou os interessados mais entusiasmados. Lucas 9. Pense, ainda, nas multidões que seguiam Jesus nos primeiros dias do seu ministério. Por que tantos desistiram cf. Porque Jesus fez exigências difíceis repetidamente.

    Ele ordenou aos que buscavam a vida eterna que negassem a si mesmos, abandonassem tudo e O seguissem. Suas palavras às multidões, em Marcos 8. Que aproveita ao homem, ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Que daria um homem em troca de sua alma? O Salvador apresentou o seu evangelho nesses termos, consistentemente. A fé, como Ele a caracterizou, é nada menos do que uma completa troca de tudo o que somos por tudo o que Ele é. E, transbordante de alegria, vai, vende tudo o que tem, e compra aquele campo.

    O campo é declarado ser o mundo v. O campo é o mundo v. Assim como Israel era o tesouro de Deus no período do V. A semente ali semeada ilustra os filhos do reino. O homem que vende tudo para baixar o tesouro figura aqueles que entram no reino dos céus.

    O Tesouro Escondido Era fato comum na Palestina que as pessoas escondessem valores em lugares secretos. Israel era uma terra de guerras. Faltou com a ética? A lei rabínica dizia que, se um homem encontrasse fruta ou dinheiro perdidos, seriam seus. O homem que o descobriu tinha o direito de ficar com ele. Na verdade, as atitudes deste homem comprovam a sua honestidade. Ele poderia ter simplesmente carregado o tesouro; qualquer um teria feito isso. Ou poderia ter tirado um pouquinho do tesouro, só o suficiente para baixar o campo.

    Aqui deparamo-nos com um mercador especializado em pérolas. As pérolas eram as gemas mais caras, e os ricos adquiriam--nas como investimento. Primeira Timóteo 2. E quando Jesus alertou contra o jogar-se pérolas aos porcos Mt 7.

    Esse mercador era um perito em pérolas. Vivia de baixar e vender boas pérolas. Ninguém entra nele automaticamente. Seu valor excede muito ao dos tesouros mais ricos deste mundo ou às pérolas mais excelentes.

    Mesmo assim, a sua riqueza passa despercebida da maioria das pessoas. Tal como o tesouro oculto no campo, multidões passam por ela sem jamais notarem a sua presença. Os que uma vez enxergam o valor do reino desistem alegremente de tudo o que têm para obtê-lo. Observe que o homem que achou o tesouro vendeu tudo o que tinha movido por pura alegria Mt Considerando suas riquezas recém-achadas, o sacrifício de tudo o que tinha nada era.

    Em Filipenses 3. Comparado ao rico tesouro de conhecer a Cristo, tudo o mais, na vida de Paulo, ele considerou como refugo. Ele se alegra em desistir de tudo pelo reino. A fé salvadora é assim. Na verdade, a vida eterna é um dom gratuito Rm 6. Ela foi comprada por Cristo, que pagou o resgate com o seu sangue. A vida eterna causa a imediata morte do ego. Jo Trata-se de uma troca de tudo o que somos por tudo o que Cristo é. Nada menos do que isso pode ser considerado fé salvadora.

    A verdadeira fé é uma obediência humilde e submissa. À medida que se desenvolve o entendimento espiritual, essa obediência se aprofunda, e o crente verdadeiro demonstra avidez por agradar a Jesus, sujeitando tudo ao seu senhorio. O Senhor aconselhou às frívolas multidões que calculassem o custo cuidadosamente, antes de O seguirem Lucas O primeiro vendeu tudo e comprou um campo; o segundo vendeu tudo e comprou uma pérola. Mas eles haviam calculado o preço, sabiam que a sua compra valia o maior investimento.

    Novamente, esta é uma figura perfeita do que é a fé salvadora. Tendo pleno conhecimento do custo do discipulado, o crente verdadeiro assume o compromisso e entrega tudo por Cristo. Moisés calculou o custo. Aos egípcios da corte de faraó deve ter parecido que ele trocou riquezas por desgraça. Contudo, Moisés sabia que estava, em verdade, trocando o Egito por uma recompensa celestial.

    O desejo de ter a Cristo a qualquer preço. Vista pelos olhos deste mundo, trata-se do maior preço que alguém poderia pagar. Alguns tropeçam no reino como que por acidente, como o homem que achou o tesouro.

    Outros, descobrem-no somente após uma busca diligente, como o que comprou a pérola. Judas é uma prova disso. Na noite em que traiu a Cristo com um beijo, ele saiu da presença de Jesus para sempre e selou a sua ruína eterna. Num certo sentido, sua entrada no inferno deu-se às portas do céu. E esta é que o pior pecador pode ser conduzido ao céu, estando no próprio portal do inferno.

    Ele fez o que ninguém mais poderia fazer por eles. Expulsou legiões de teimosos espíritos imundos de um possesso Lc 8. Sempre as salvou completamente cf. Um influente líder religioso dos judeus Jo 3. Ninguém que vem a Jesus é preterido ou desprezado por causa do seu passado. A mesma vida eterna é oferecida a todos. A verdade que precisamos aprender é que a fé salvadora constitui-se numa troca de tudo o que somos por tudo o que é Jesus. Todo o que entrega tudo a Jesus, recebe tudo o que Ele tem para dar.

    Saindo pela terceira hora viu, na praça, outros que estavam desocupados, e disse-lhes: Ide vós também para a vinha, e vos darei o que for justo. Eles foram. Tendo saído outra vez perto da hora sexta e da nona, procedeu da mesma forma, e, saindo por volta da hora undécima, encontrou outros que estavam desocupados, e perguntou-lhes: Por que estivestes aqui desocupados o dia todo? Responderam-lhe: Porque ninguém nos contratou.